O Prazo Para Declaração do IR Está Acabando, Saiba o que Fazer

Brasileiros Estão Deixando a Declaração do IR para Última Hora

declaração do Imposto de Renda
As multas para quem entregar o IR com atraso poderão chegar a 20% do imposto devido, de acordo com a RF.

O prazo de declaração do Imposto de Renda termina no dia 30 de abril deste ano. Muitos brasileiros ainda não realizaram a declaração deste ano. Faltando poucos dias para o término do prazo, estima-se que 12,4 milhões de declarações de Imposto de Renda ainda não tenham sido feitas. A multa mínima para quem perder o prazo é de R$ 165,74 e a máxima é de 20% do imposto devido, de acordo com a Receita Federal.

A Declaração do Imposto de Renda é Feita Eletronicamente

declaração do Imposto de Renda
Como a declaração é feita eletronicamente. O sistema poderá ficar congestionado por causa do volume de declarações feitas de última hora.

Primeiro é Necessário Saber se Você está Obrigado a Declarar

Antes de realizar a declaração do IR é necessário saber se você tem renda tributável. Os critérios de declaração para que lucrou valores tributáveis em 2017 está disponível no site da Receita Federal em uma tabela completa. A seguir há um resumo desses critérios e condições de obrigatoriedade:

Você estará dentro dos critérios de declaração caso caiba em alguma das seguintes situações:

  • No caso de renda, se você lucrou além de R$ 28.559,70 ou recebeu mais de R$ 40.000,00 em rendimentos não tributáveis ou descontados na fonte.
  • Em ganhos de capital ou operações na bolsa de valores, se você obteve ganho de capital com alienação de bens ou direitos sujeitos à incidência do imposto.
  • No caso de venda de bens imóveis para aquisição de outro, é necessário que o prazo de 180 dias seja respeitado.
  • Renda bruta obtida em atividade rural que seja superior a R$ 142.798,50.
  • Posse de bens ou direitos de propriedade que tenham valor superior a R$ 300.000,00.
  • Quem passou a ser residente no Brasil em 2017 e se enquadre nas condições definidas pela RF.

Passo a Passo Para Realizar a Declaração do IR

  1. Junte todos os documentos necessários, pois será importante ter esses documentos em mãos para declarar os dados corretamente. Além disso você terá que comprovar que declarou certo, caso caia na malha fina.
  2. Faça o download do programa de declaração do IRF 2018. Você pode acessar o site da Receita Federal ou baixar a versão para smartphone pelo site da Google Play.
  3. Após ter executado o programa da RF, os seus dados de CPF e nome serão solicitados. Portanto, insira os dados necessários e prossiga.
  4. Os dados preenchidos ficam salvos, para o caso de você querer preencher a declaração em mais de uma oportunidade.

Evite Cair na Malha Fina

declaração do Imposto de Renda
Guarde todos os recibos de contas sujeitas a abatimento do IR. Os dados são comparados em um sistema eletrônico e você poderá ter que comprovar os gastos.

A malha fina como é popularmente conhecida seria a Malha Fiscal da Declaração de Ajuste Anual da Pessoa Física. Em suma é uma revisão detalhada de todas as declarações realizadas. Isso é feito em um sistema eletrônico de cruzamento de dados.

O preenchimento correto dos dados é muito importante. Os sistemas informatizados da receita são capazes de cruzar seus dados com dados dos bancos e operadoras de cartões de crédito, por exemplo. Isso significa que contas de saúde, recibos de empresas além de outros dados que constam na declaração serão comparados. Tome cuidado para depois não ter que realizar uma retificação ou mesmo ser multado. Por isso, é importante que você mantenha os comprovantes de todos os recibos de contas passíveis de abatimento no IR.

Despesas que Podem ser Deduzidas do IR

No atual sistema da Receita Federal, alguns tipos de gastos são passíveis de dedução no IR. Isso significa resumidamente que se você comprovar esses gastos, terá um desconto no valor do imposto. Veja a seguir uma lista de contas deduzíveis no Imposto de Renda:

  • Despesas com educação: o limite individual para cada membro da família em abatimento é de R$ 3.561,50 por ano.
  • Gastos com saúde: esses podem ser integralmente dedutíveis, sendo gastos próprios ou de dependentes.
  • Gastos com dependentes: o limite anual na declaração para gastos com dependentes deduzíveis é de R$ 2.275,08.
  • Pensão alimentícia: é importante indicar que quem recebe a pensão deixa de ser considerado dependente do declarante.
  • Contribuições à Previdência Social: sem limites, todas as contribuições com a previdência social podem ser deduzidas. Isso também vale para a Previdência Social de empregados domésticos.
  • Contribuições a Previdências Privadas: em planos PGBL e Fapi em até 12% da renda tributável.
  • Livro-caixa: despesas para pagamentos de profissionais autônomos ou terceiros sem vínculo empregatício.
  • Aposentadorias e pensões de maiores de 65 anos também sofrem abatimento do IR.

Não Deixe Para a Última Hora

Como o sistema é informatizado e além disso espera-se uma grande quantidade de declarantes. Poderá ocorrer um sobrecarregamento, fazendo as páginas não abrirem e gerando dificuldades nos servidores. Por isso, é sempre ideal que você realize a declaração antes do último dia de prazo. Caso seja necessário e você tenha muitas dúvidas, contrate um contador especializado para realizar o serviço para você.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *